Para qualquer mulher uma das partes mais importantes de seu dia do casamento e que o torna tão especial é andar pelo corredor com seu pai. Mas para Jeni Maenner, isso nao seria possível, já que seu pai, Michael Stepien, havia falecido há 10 anos atrás, morto em um assalto.

Na época, a família Stepien decidiu que não havia melhor maneira de homenageá-lo do que com a doação de seus órgãos. O coração dele acabou indo para um homem chamado Arthur Thomas.

Com seu casamento chegando, Jeni pensou muito em seu pai e teve uma grande ideia: entrar em contato com Arthur. Sua intenção era convidá-lo para levá-la até o altar no dia do casamento representando o seu pai.

Arthur, claro, não podia negar e apesar da longa viagem conseguiu realizar o sonho da filha daquele que havia sido seu anjo há muitos anos.

O casamento correu maravilhosamente e Jeni encontrou, pela primeira vez, o homem no qual pulsava o coração de seu pai, podendo não só entrar na igreja, mas dançar a primeira valsa e sentir um pouco da presença dele no que ela classificou como “o melhor da de toda a minha vida”!

Incrível né?!


Você também pode amar:

(Visitado 59 vezes, 1 hoje)

Comentários

Pin It on Pinterest

Share This